( Resenha ) Isolados - O Enigma de Bibi Tatto @EditoraNovasPáginas

Editora Novas Páginas
Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse AQUI.

Resenha





“O Minecraft está lotado de novos usuários e, desta vez, eu e o Gagui teremos a companhia de um personagem que... bem, ele não foi convidado para o mundo que criamos no livro anterior, se é que vocês me entendem!”

Bibi e Gagui acabaram de retornar de uma viagem com sua família e eles não tinham a mínima ideia de como passar o tempo em um domingo entediante. Todos os vídeos do canal da Bibi já foram adiantados, tinha muita coisa para gravar sobre as férias, mas ela estava com uma aparência horrível para aparecer desse jeito. 

Fazia bastante tempo que Bibi não entrava no Novo Mundo que havia criado e já estava mais do que na hora de ela cuidar da vida do seu avatar. Então, diante disso Bibi fez login e finalmente entrou no Novo Mundo vendo seu avatar, mas estranhamente não encontrou o avatar de Gagui, percebendo que algo estranho estava acontecendo. 


“— BIBI, MEU AVATAR ESTÁ NO NOVO MUNDO, MAS ALGUÉM CAPTUROU ELE E PRENDEU EM ALGUM LUGAR!!!”
Gagui estava preso em algum lugar do Novo Mundo e Bibi estava determinada a encontrá-lo. Ao longo do caminho ela percebeu que alguém muito estranho realmente esteve no seu mundo de Minecraft e o pior foi que o folgado acabou trabalhando dentro dele. Logo, ela precisaria seguir determinados passos deixados por aquele que se denominava "Intruso" para poder em fim encontrar o avatar de seu irmão.
“De repente, uma mensagem pula na minha tela. Num primeiro momento, eu penso que é o Gagui. Mas percebo que é algo muito mais surpreendente...”
Eu li Um Novo Mundo – Gagui Joined The Game, o primeiro livro de Bibi Tatto, no qual ela descreve uma interessante brincadeira de pega-pega entre o seu avatar e o de seu irmão, Gagui, dentro do mundo virtual do Minecraft. Entretanto, Isolados – O Enigma, a segunda parte das aventuras de Bibi, fala um pouco mais do começo das suas gravações, e acabou não sendo tão bom. Mas é uma leitura rápida, que certamente atinge ao público alvo para o qual é direcionado. 

Um livro de não ficção, com aventura e humor. Narrado em primeira pessoa pela perspectiva de Bibi, cuja escrita é simples e fluída. 

A capa é criativa e divertida. A diagramação contém muitos elementos gráficos e imagens, que ajudam a compor a história. A revisão é ótima. 

Dou quatro estrelas e recomendo para o público infanto-juvenil que curte games, em especial, Minecraft!!!


5 comentários

  1. Oi, Ingrid.
    Como você disse, esse livro não é bem para mim, já que o público é outro.
    Não me atraiu, de fato. Mas a capa é bem engraçadinha mesmo.

    Beijos,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Minha irmã acompanha essa garota no youtube, no qual ela sempre posta vídeos referentes a esse mundo de Minecraft, eu em especial não curto muito, por não ser o tipo de história que me chama a atenção, mas fiquei surpresa de você citar que o livro e divertido. Enfim, com certeza minha irmã iria amar essa leitura com certeza.

    ResponderExcluir
  3. Bem Ingrid!
    Imagino que o livro deva agradar muito os adolescentes, devido a aceitação da autora no youtuber e por falar de games, mas não é muito minha praia e não tenho vontade de ler no momento.
    “Não há nada bom nem mau a não ser estas duas coisas: a sabedoria que é um bem e a ignorância que é um mal.” (Platão)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Oi Ingrid,
    Não entendo nada de Minicraft, mas sei que é um jogo bem popular, principalmente entre os jovens. Eu já tinha ouvido falar do primeiro livro, mas como não é ma leitura que me interesse não tive nenhuma vontade de conhecer esta história. Não tenho dúvidas de que seja um livro divertido, com uma narrativa fluida e envolvente para quem gosta do gênero, mas não o é tipo de leitura que eu iria apreciar por não se tratar de um assunto de meu interesse.

    ResponderExcluir
  5. Não é tipo de livro que costumo ler, eu particularmente não compraria
    porque eu gosto de Minecraft. Mas acredito que muito gostam e bacana
    a diversidade na bancas de livros

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por