( Resenha ) Sussurros do País das Maravilhas de A. G. Howard @Novo_Conceito

Editora Novo Conceito

Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse AQUI.

Resenha




Sussurros do País das Maravilhas contém três contos de momentos mágicos e inesquecíveis, recheados de lembranças inéditas. Um livro tão maravilhoso quanto os anteriores. 

O Menino da Teia

“Meu coração bate forte, ansioso. Enxugo um pouco do suor da minha testa. Eles são mais jovens e mais rápidos, mas Thomas e eu temos a inteligência do nosso lado e uma conexão incomparável. Somos uma equipe há vinte e dois anos. Aqueles amadores não são páreos para nós.”

Narrado por Alison, mãe de Alyssa, relembra o passado conturbado e o tempo que ela passou no País das Maravilhas. Alison sempre sonhou em viver as aventuras de Alice no País das Maravilhas, queria de alguma forma entrar em uma toca de coelho onde um mundo novo a aguardava, onde talvez ela se encaixasse. Um lugar do qual ela pudesse fazer parte. 

Alison aceitou o chamado interior aos treze anos de idade, durante um dos períodos mais tristes e solitários de sua vida. Então, Morfeu se aproximou, manipulador, oferecendo poder e vingança. Naquele dia, Alison mudou para sempre quem iria se tornar. 

Este conto mostra também como era a vida de Thomas, pai de Alyssa, antes de ser resgatado por Alison. Os dois se casaram e formaram uma família. Thomas sabia e compartilhava da história de Alisson no País das Maravilhas, logo, ela nunca mais ficaria sozinha. 

“Achei que sentiria falta das vozezinhas que me acompanharam ao longo de toda a adolescência, vozes que se tornaram minhas confidentes quando ninguém mais ouvia; porém, não preciso mais delas como muletas.”

A Mariposa no Espelho

“Sua afeição e lealdade pertenciam ao agreste País das Maravilhas e a nada nem a ninguém mais.”

Fazia apenas seis meses que Alyssa tinha partido novamente do País das Maravilhas por escolha própria, deixando Morfeu desolado. Ele já não reconhecia a Mariposa no espelho, pois sentia-se incompleto. Morfeu ficava ainda pior ao pensar que enquanto ele cortejava Alyssa, ela oferecia o seu fato a Jeb, um mortal. 

Morfeu considerou a possibilidade de matar Jeb, mas sabia que Alyssa jamais o perdoaria. Então, ele mergulhou nas memórias de Jeb, com o intuito de descobrir tudo o que passou durante sua jornada no País das Maravilhas, todos os momentos em que se sentiu mais aterrorizado, disposto a conhecer as fraquezas e forças dele. Somente assim, Morfeu saberia exatamente como enfraquecê-lo e chegar ao coração de sua amada, Alyssa. 

“Ele não fazia a menor ideia do feitiço que ela lhe lançara.”

Seis Coisas Impossíveis

“Algumas pessoas podem dizer que é impossível morrer e viver para contar. São as pessoas que nunca experimentaram a mágica.”

Alyssa relembra os momentos mais importantes de sua vida depois de Qualquer Outro Lugar. Tendo feito tanto pelo País das Maravilhas e por aqueles que ama. A perda, os momentos tristes e as descobertas. Quando ela resolveu assumir seu destino como uma intraterrena, morrer para o mundo humano e viver no País das Maravilhas mantendo o equilíbrio ao lado de Morfeu. 

“Imagino-me voando com Morfeu pelos cenários bizarros e irregulares do País das Maravilhas. Como vai ser bom me sentir pertencente a um lugar de novo. Fazer parte e nunca ter de abandonar ninguém novamente.”

Um romance New Adult, com uma atmosfera mágica, repleto de fantasia e aventura. Sussurros do País das Maravilhas é extremamente encantador do início ao fim. 

A escrita da autora se mantém envolvente e cadenciada. Os personagens estão ainda mais preciosos. 

A capa é linda, com uma harmonia de cores perfeita, sem dúvidas é a minha favorita. A diagramação é detalhista e delicada. A revisão é ótima. Uma edição belíssima. 

Dou cinco estrelas, favorito e recomendo para quem leu a série e se apaixonou!!!






3 comentários

  1. Oi, Ingrid!
    Eu amo contos, mas como não pretendo ler essa série dificilmente eu leria Sussurros do País das Maravilhas.
    Mas, em relação a capa, concordo com você, essa capa é linda, sou encantada pelas capas dessa série - já disse isso antes - mas diferente de você não saberia escolher qual a minha capa favorita dentre todas, é muito difícil rsrs.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Ingrid ! Li os dois primeiros livros da série e confesso que fiquei bem envolvida com eles, porque além de gostar de releituras, a dúvida da protagonista entre o mundo real e o da fantasia, entre Jeb e Morfeu, sempre me comoveu.
    E que bom ver aqui um final preciso.
    Quero e tenho de fazer a leitura.
    Bom carnaval e moderação, hein?
    “Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.” (Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. O que mais gosto dessa coleção sem duvidas são as capas, são uma mais linda que a outra. Segundo a fantasia, fantasia esta entre meus gêneros favoritos. Acho importante tá em contato com esse gênero, pois ajuda muito na nossa imaginação. Eu gostei bastante da resenha, pois ainda não tinha lido sobre Sussurros do Pais das Maravilhas, e ainda tem a mesma pegada que os do anteriores

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por