( Resenha ) A Guerra dos Mundos de H.G. Wells @Suma_BR

Suma de Letras
Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Confira a sinopse AQUI.
Resenha


A Suma de Letras publicou em 2016 uma edição especial do Clássico de Ficção Científica escrito por H.G. Weels: A Guerra dos Mundos.



A edição é linda e indispensável na estante de amantes de ficção científica, clássicos e para quem ama ler todos os gêneros literários (assim como eu). 

Além da capa dura, com textura aveludada e auto-relevo nas letras, as cores são lindas. O livro é cheio de ilustrações e traz um prefácio de Braulio Tavares, que nos contextualiza na época em que o livro foi escrito e esclarece muito sobre o quanto Wells foi inovador em sua ideia de trazer pela primeira vez na literatura mundial, os extraterrestres como seres superiores em tecnologia e dispostos a tomar o planeta Terra dos humanos.

E nós, homens, os habitantes da Terra, devemos ser para eles  no mínimo tão exóticos e inferiores quanto macacos e lêmures o são para nós. O intelecto humano já admite que a vida é uma incessante luta pela existência, e parece ser essa também a crença das mentes marcianas.

O autor criou o que parece ser seu alterego e é ele que narra toda a história, ora por seu ponto de vista, ora pelo ponto de vista de seu irmão, que está em outra cidade. A narração é feita em primeira pessoa com grande foco nos acontecimentos por esse autor de filosofia especulativa, curioso e super interessado em astronomia, do qual não conhecemos o nome. 


Ele narra toda invasão marciana e vai nos envolvendo em uma trama que cada vez fica mais angustiante.

No início existe uma crença por parte de todos de que sejam apenas visitantes pacíficos e isso causa muitas mortes.  Com uma enorme dificuldade em propagar a notícia de uma invasão violenta e sanguinária, já que na época em que a história acontecia, os meios de comunicação e transportes não tinham nem a metade da velocidade atual. E isso é simplesmente angustiante. Ver que as pessoas duvidam do ataque e não recebem avisos do perigo à tempo, me deixou muito tensa.

Com esforço, virei-me e comecei a correr tropegamente pela urze.
Não sentia um medo racional, mas um pânico aterrorizado, não só dos marcianos, mas da escuridão e do silêncio ao meu redor. Tão extraordinário era o efeito desse medo em minha virilidade que, enquanto corria, eu chorava silenciosamente como uma criança.
Mesmo assim, A Guerra dos Mundos tem algumas cenas ótimas de combate e uma esperança de luta chegava junto com os exércitos, mas rapidamente era apagada pela total força alienígena.



Além disso, a narração passa de um pouco fria e distante para algo mais intimista e após alguns capítulos senti-me como se estivesse mesmo naquelas ruínas, espiando, assistindo ou fugindo dos monstros alienígenas. A agonia de ver uma luta sem nenhuma chance de vitória ou sobrevivência foi forte, mas a maneira genial como Wells derrota os inimigos que pareciam invencíveis, foi uma reviravolta inesperada e inteligente.
Não conseguia parar de pensar naqueles monstros metálicos galopantes e no cadáver arrebentado contra a cerca.
O enredo é fantástico, muito bem narrado e conta a história acontecida na Inglaterra, colocando-a quase como o centro do mundo. Nada que os fanáticos por filmes de ficção científica não estejam acostumados (só que no lugar de Inglaterra, vemos sempre os EUA). 


Mesmo já tendo assistido ao filme de 2005, estrelado por Tom Cruise, experimentei sensações absolutamente novas. O filme, teve o enredo adaptado para a atualidade o que modifica grande parte da história.

Minha opinião? Uauuuuu!
Amei e recomendo!

Está procurando um livro para presentear? Acaba de encontrar!

Trailer do filme de 1953




Trailer do filme de 2005


13 comentários

  1. Oi Marissa, essas capas estão se tornado um luxo total né. Livros que tem esse poder de teletransportar o leitor para o mundo criado pelo autor tendem as serem os melhores. Faz um tempo que estou de olho nesse livro e não vejo o porque de não dar uma chance para ele.
    Beijos
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  2. Tive esse livro em mãos e a suma arrasou com essa edição, a capa dura e linda, as folhas são espetacular, porém a premissa da história foi algo que não me despertou interesse. Talvez seja por falar sobre invasão alienígena, com muita ação, e uma narrativa diferente do que estou acostumada a ler, e isso acabou me deixando com o pé atrás, optando por não lê-lo. Para quem gosta e uma boa indicação de leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Lana, com certeza uma super leitura para quem curte Ficção científica, ação ... Tem gente que não gosta mesmo! ;)

      Excluir
  3. Oi Marissa.
    Eu vi já vi o filme e não gostei tanto assim. Por esse motivo, não vou ler o livro. Mas fiquei curiosa para saber quais foram as modificações feitas no filme em relação ao livro rs
    A capa do livro é mesmo muito linda.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda! Uma edição fantástica ;)
      Que pena que você não curtiu o filme Pamela. Eu adorei =D
      As diferenças... só lendo mesmo para saber rsrs

      Excluir
  4. Oi Marissa,tenho esse livro, e concordo com você. A edição é belíssima!
    A cor usada na capa chama à atenção das pessoas que vem aqui em casa.
    Ainda não terminei de lê-lo. Mas estou gostando!
    Mesmo sendo um gênero que não curto muito.

    Realmente vale muito à pena experimentar a leitura,principalmente para os fãs do gênero.

    Ah,assisti o filme,mas é bem diferente do que pelo menos li até agora do livro.

    ResponderExcluir
  5. Achei o enredo interessante, mas ficção não é a minha. Nem nos filmes ou livros. Eu leria por ser um clássico do gênero e sou muito curiosa mas sem grandes expectativas de gostar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Thaynara. Eu curto ficção científica, então para mim é um prato cheio ;)

      Excluir
  6. Oi.
    Que capa linda! Estou com muita vontade de fazer a leitura desse livro!
    Gostei muito do filme e acredito que o livro será muito mais intenso. Super curiosa!
    Ótima resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Eu já vi o filme de 2005 que tem a Dakota Fanning mas não vi o original de 1953 ainda, fiquei com vontade de ver. O livro eu não vou deixar de ler porque amo livros de ficção científica e ainda mais com histórias de alienígenas invasores!

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Não sabia que tinha um filme desse livro, ainda não li nada do H.G. Weels, mas sempre vejo muitas comentários positivos sobre sua escrita, acho esse livro bem interessante ainda mais sendo um marco, já que o autor acabou nos trazendo uma historia muito interessante, diferente e com um mundo incrível, quero muito ler esse livro !!

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por