( Resenha ) Quase um Romance de Megan Maxwell @Suma_BR


Suma de Letras 

Clique na capa e compre o livro na Saraiva


Leia a sinopse AQUI.

Resenha



Rebeca é uma advogada que está crescendo profissionalmente e não queria se apaixonar. Recém saída de um romance complicado, a jovem fugia de homens lindos que poderiam trazer problemas. Mas com Pizza (uma cadelinha adotada) a tiracolo, ela esbarra em Paul Stone e sua encantadora filha Lorena.



Paul é um famoso piloto de MotoGP e está acostumado a ser tratado como celebridade. As mulheres correm atrás dele, não pelo que realmente é, mas por sua fama. Ele deseja muito mais de um relacionamento e se encanta ao perceber que Rebeca além de linda e inteligente, não o reconhece.

Os dois de esbarram em alguns momentos e com a ajuda de outros personagens, acabam se vendo mais.

Ah não... Ah não..., pensou ao vê-lo tão próximo.
- Feliz Ano Novo, Rebeca - sussurrou ele.
Paul a vira quando estava saindo da pista com o irmão. Mal pôde acreditar que ganhara mais aquela chance, por isso deixou  a morena sozinha na pista e foi atrás de Rebeca.  Olhava para ela como se estivesse hipnotizado. Estava linda (...)

Uma amizade começa e os laços vão se fortalecendo, com alguns encontros e muitos telefonemas, até que os dois se beijam ( UFAAAA ) e é então que iniciam um relacionamento cheio de carinho e muito calor.

Rebeca se recostou na cadeira e se virou para a Puerta de Alcalá. A cada dia gostava mais dos telefonemas de Paul, do papo dele, dele em si. Paul não tomava atitude. Insinuava, rondava e não atacava. Isso  a deixava louca. Ele, por sua vez, não se sentia muito melhor. Não queria assustá-la, mas seu desejo por Rebeca começava a desesperá-lo, (...)

Os dois se vêem pouco, pois Paul está sempre viajando em suas temporadas de corrida, mas quando pode, volta para ficar com Lorena e Rebeca e o relacionamento deles é lindo, com algumas viagens juntos e muita paixão.

Rebeca se deixou abraçar e beijar por aquele em quem havia pensado noites a fio. Era o que mais queria, não podia negar. Paul era um homem incrivelmente sexy (...)

Porém Rebeca acaba se envolvendo com pessoas perigosas, relacionadas à seu trabalho e sua ascensão, e a partir dai começa a ser ameaçada. Sua família corre perigo, e aqueles a quem ama também. Essa situação gera muitos problemas e os dois acabam se separando em um clima ruim, sem que Paul saiba de nada.

Os obstáculos, aparecem e criam um clima de tensão e suspense bem envolvente, mas que não rende um desfecho tão interessante quanto parecia. Como em muitos romances da autora, muitos personagens são protagonistas e aparecem bastante, tornando a história em alguns momentos cansativa, mas nada que realmente atrapalhe o andamento do enredo (Sei que para algumas pessoas, isso é o que mais agrada).

Quase um Romance é um romance leve e gostoso, com poucas cenas eróticas, já que a autora explorou mais as relações familiares. No livro encontramos algumas características já conhecidas da autora: relações verdadeiras, drama e um final lindo. 

Amei Paul Stone. Ele é um pai maravilhoso e um namorado irresistível e apaixonante. Foi paciente e persistente com Rebeca e acabou me conquistando um pouco também.

Rebeca é uma moça fofa. Ela é tranquila, tem bom coração, e acaba se envolvendo em sérias confusões quando resolve investigar problemas no trabalho.

Porém as duas personagens fofas que merecem ser citadas são sem dúvida, Lorena, a menina esperta de 4 anos e Pizza, a cadela adotada que é levada e afetuosa.


Eu curti o livro e recomendo!

Quase um romance é todo narrado em terceira pessoa e ganhou uma linda capa aqui no Brasil, que nos mostra Rebeca e Pizza. 


Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por