( Resenha ) Depois do Desencontro - Livro 3 da Série After de Anna Todd @EditoraParalela

Editora Paralela
Companhia das Letras

Clique na capa e compre o livro na Saraiva


Sinopse



Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu charme de bad boy — seria o único capaz de fazê-la esquecer das dificuldades, mas até ele se vira contra Tessa quando descobre o segredo que ela vem guardando. Se este casal intenso e apaixonado já vivia por um fio antes, agora os obstáculos são maiores do que nunca. Depois do desencontro, essa história de amor sobreviverá?



Resenha




O terceiro livro da aclamada série After, “Depois do Desencontro”, com mais de um bilhão de leituras na internet, a sensação do Wattpad, começa exatamente onde o anterior acabou. Quando Tessa reencontra o pai, Richard, que foi embora há nove anos e nunca deu notícias, um bêbado sem—teto, imediatamente desperta a inquietude de Hardin, que faz o possível para convencê—la a se afastar. Mas ela o convence a lhe dar uma chance, sendo compreensiva, disposta a ajudá—lo, mesmo que não o conheça de verdade. 



“— Sei que você nunca vai me perdoar. — Ele quase chora, e eu sinto um frio na barriga.
— Não é isso só preciso de um tempo antes de deixar você entrar na minha vida de novo. A gente nem se conhece. — eu respondo, e ele balança a cabeça.
— Eu sei, eu sei. — Ele senta de novo à mesa, e me deixa terminar de preparar o jantar.”

Tessa e Hardin já passaram por muitas idas e vindas em sua turbulenta história de amor, superando o passado e as grandes revelações que vieram ao longo do tempo. Dessa vez não é diferente, as coisas só estão um pouco mais confusas e complicadas, se passaram seis meses juntos e Tessa não é mais a mesma garota inocente e passiva do início, sua vida foi virada do avesso, está mais madura, consciente, exigente e decidida, sabendo driblar as adversidades, disposta a encarar o que vier, ainda mais a não desistir de seus sonhos, de sua carreira, de ter uma vida estável. 

Hardin ainda é o típico bad boy inconsequente, só que cada vez mais impaciente, grosseiro, controlador, ciumento e costuma descontar com maior frequência do que o normal suas frustrações no álcool. Sempre dominado pela insegurança, com a possibilidade de que Tessa possa deixá—lo. Apesar de tudo que já passou na vida, com um fardo em seus ombros, deveria se esforçar mais para mudar, ao em vez de preferir sempre o caminho mais fácil, mostrando seu pior lado e ele sabe que está errado, contudo, seu orgulho não permite que demonstre isso. 

“— O que quer que exista entre a gente, eu não quero perder. Já perdi antes e ainda não consegui recuperar totalmente, mas sinto que estou chegando lá.
Sua mão está quente e parece estar no lugar certo junto a minha.”

Hardin tem que enfrentar sozinho uma audiência com o conselho diretor da universidade, pois Tessa é impedida de acompanhá—lo, e enquanto isso, ela tem que lidar com a novidade de ter o pai em sua vida, escondendo segredos de Hardin que podem vir à tona da pior maneira, abalando consideravelmente o relacionamento deles que já está por um fio. 

Zed permanece disposto a abrir os olhos de Tessa e estar diante dela para o que precisar, sem se importar com a ira de Hardin. Salvando—a de situações nada favoráveis, disposto a lhe dar uma oportunidade caso aceite se desvencilhar da prisão que Hardin impõe em sua vida, sufocando—a, impedindo que faça suas próprias escolhas e tome suas próprias decisões sem sua influência. Entretanto, Tessa está cheia de as pessoas dizerem o que tem, ou não, que fazer e decide seguir sua intuição. 

“Não importa quantas vezes eu a toque, a beije, a abrace... nunca vai ser suficiente. Eu sempre vou querer mais.”

Narrado em primeira pessoa, intercalando entre os pontos de vista de Tessa e Hardin, possibilitando ao leitor maior compreensão de suas ações. A escrita da autora continua envolvente, instigante, prendendo o leitor do início ao fim, fazendo com que finalize a leitura em poucas horas, deixando aquele gostinho de quero mais, aquela curiosidade e ansiedade para saber o que acontecerá no próximo livro e, consequentemente, chegar ao último para finalmente descobrir como essa história termina. 

Os personagens são muito bem construídos, realistas, complexos e repletos de peculiaridades, cada um com sua personalidade forte e características predominantes. Consegui me irritar com a Tessa e odiar o Hardin em diversas situações, mas é impossível não amá—los. 

Confesso que assim que iniciei a leitura deste livro, segui sem grandes expectativas, pois parecia desnecessário o conteúdo, porém, me surpreendi, principalmente no momento em que Tessa menos imaginava que uma determinada pessoa fosse se voltar contra ela de forma tão absurda, a encurralando. Isto causou certa tensão e trouxe mais ação, tornando tudo mais interessante. 

A capa, assim como as anteriores, é criativa, composta por um contraste de cores que atrai a atenção e a diagramação e revisão estão ótimas. 

Dou cinco estrelas e recomendo!

Saiba mais sobre a Série AQUI.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por