Redenção pelo Amor - Livro 3 da Trilogia Redenção @editorarocco

Editora Rocco
Fábrica 231
Clique na capa e compre o livro na Saraiva


Sinopse



No último livro da trilogia Redenção, Nana Pauvolih prova que o tempo não é capaz de amenizar uma paixão e que o verdadeiro amor supera qualquer obstáculo. Em Redenção pelo amor, o protagonista é Antônio Saragoça, jovem bem-sucedido, líder exímio, orgulho da família. O destino do jovem está traçado desde a maternidade: muito desejado após anos de tentativas para engravidar, seus pais nunca tiveram dúvidas de que ele seria o herdeiro natural para assumir a Corpórea, empresa da família. Melhor ainda casado com Ludmila, filha de Walmor Venere, sócio de Arnaldo. 

Vivendo um relacionamento de aparências, movido por interesses, Ludmila jamais pensou em abrir mão do casamento, mesmo sem o menor resquício de amor, carinho e companheirismo. Fria, calculista, orgulhosa e disposta a permanecer ao lado de Antônio a qualquer custo, ela aceita a indiferença do marido em troca de conforto, status e um cartão de crédito sem limites à disposição.

E assim se passaram nove anos. A rotina sem graça, no “automático”, de Antônio é interrompida quando ele reencontra Cecília Blanc, seu grande amor do passado. As lembranças, a química entre os dois, tudo volta à tona de forma intensa e visceral. O resultado é um turbilhão de emoções, aliado à certeza de que o tempo não foi capaz de amenizar os sentimentos e o desejo físico entre os dois. Não há mais dúvidas: tudo seria diferente a partir daquele momento.

Reviver o passado terá um preço alto que, ainda assim, Antônio está disposto a pagar. Arriscar tudo em nome da felicidade e deixar para trás anos de apatia, rancor e falsas aparências. Render-se definitivamente ao verdadeiro amor passa a ser então sua meta de vida. Custe o que custar.



Saiba mais sobre a Trilogia AQUI.

Um comentário

  1. Olá Marisa,
    Terminei ontem de ler o livro "Redenção pelo amor" e estou simplesmente extasiada.
    Gostei muito da trilogia - o primeiro "A redenção de um cafajeste" é muito, muito bonito.
    O segundo "Redenção e submissão" foi o que menos gostei talvez por se tratar de BDSM, pois acho sempre as descrições das cenas de sexo muito cansativas, quando a temática é BDSM. Por mais que tento imaginar como seriam, minha imaginação não é tão farta assim (rsssss).
    Mas este último "Redenção pelo amor" é belíssimo!!! Só a capa já dá vontade de comprar o livro. Nana Pauvolih me surpreendeu. Amei, Amei, Amei!
    Bjs,

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por