( Resenha ) Jogador Nº 1 de Ernerst Cline @EditoraLeya

 Editora Leya

Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Sinopse


Um mundo em jogo, a busca pelo grande prêmio. 

Você está preparado, Jogador número 1? 
O ano é 2044 e a Terra não é mais a mesma. Fome, guerras e desemprego empurraram a humanidade para um estado de apatia nunca antes visto.
Wade Watts é mais um dos que escapa da desanimadora realidade passando horas e horas conectado ao OASIS – uma utopia virtual global que permite aos usuários ser o que quiserem; um lugar onde se pode viver e se apaixonar em qualquer um dos mundos inspirados nos filmes, videogames e cultura pop dos anos 1980.
Mas a possibilidade de existir em outra realidade não é o único atrativo do OASIS; o falecido James Halliday, bilionário e criador do jogo, escondeu em algum lugar desse imenso playground uma série de easter-eggs que premiará com sua enorme fortuna – e poder – aquele que conseguir desvendá-los. 
E Wade acabou de encontrar o primeiro deles.



Resenha



Wade Watts é um adolescente que vive no ano de 2044, onde a Terra é dominada pela crise elétrica, mudanças climáticas intensas, fome, pobreza. O surgimento de novos vírus todos os dias é comum, causando epidemias e provocando guerras. 

Logo, uma notícia inesperada pode mudar o rumo de sua vida e trazer a esperança de uma nova realidade, utópica. 

“Todas as pessoas da minha idade se lembram de onde estavam e o que estavam fazendo quando ficaram sabendo a respeito do concurso. Eu estava em meu refúgio assistindo desenhos quando o boletim de notícias surgiu em meu vídeo feed, anunciando que James Halliday havia morrido durante a noite.”
Um designer bilionário, desenvolvedor de jogos virtuais, renomado por ser responsável pelo jogo OASIS, um sucesso, que possibilita uma quantidade mais do que considerável de jogadores. Oferecendo mais do que a possibilidade de outra realidade, dentro do OASIS estão escondidas três chaves que abrem três portões e o primeiro a encontrá-las herdará toda a sua fortuna, estimada em 240 bilhões de dólares. 

“Até que na noite de 11 de fevereiro de 2045, um nome de avatar apareceu no topo do Placar, para o mundo todo ver. Depois de cinco longos anos, a Chave de Cobre finalmente foi encontrada por um garoto de 18 anos que vivia em um parque de trailers, às margens da cidade de Oklahoma.
Aquele garoto era eu.”

O livro é dividido em 3 níveis, com os registros de Wade sobre o que realmente acontece dentro do jogo, pois há outros jogadores que também querem o prêmio e estão dispostos a tudo para ganhar. Sendo Jogador Nº 1, a mensagem que todos veem antes de entrar no mundo virtual. 



O autor possui uma escrita inteligente e bem elaborada, descritiva, com detalhes na medida certa, deixando a leitura ainda mais atrativa. Retratando desastres que já acontecem, causados pelo próprio ser humano, que é irresponsável e despreocupado ao ponto de destruir o meio em que vive. 

É diferente de tudo o que já li, uma experiência única, marcante, surreal e emocionante. 

Narrado em 1ª pessoa, faz com que o leitor se sinta realmente dentro do jogo com seus personagens muito peculiares. A criatividade é espantosa. A capa e diagramação são perfeitas, remetendo ao tecnológico. 

Dou cinco estrelas e com certeza, recomento!



* Soube que o filme baseado no livro tem estreia prevista para 15 de dezembro de 2017 e será dirigido por Steven Spielberg. Promete ser uma grande produção e eu estou ansiosa para ver essa criação nas telonas. 

Fonte da informação: Jovem Nerd 

Um comentário

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por