( Resenha ) Num Piscar de Olhos - Livro 1 da Trilogia Heartbeat de Teodora Kostova @EditoraCharme

Editora Charme

Clique na capa e compre o livro na Saraiva

Leia a sinopse, AQUI.

Resenha





E assim, num piscar de olhos a sua vida mudaria para sempre. 
Ela só não sabia disso ainda.


Stella perdeu seu pai e seu irmão em um acidente quando ainda era muito jovem. A dor de perdê-los de maneira tão brusca  e logo depois ver sua melhor amiga e prima se distanciando foi quase insuportável. 

Ela e sua mãe sofreram muito, mas com o tempo, seguiram com suas vidas. Porém, quando tudo parecia estar se acalmando, Stella descobre estar com câncer. A tristeza paira sobre ela, que resolve, após alguns tratamentos e cirurgias, fazer uma viagem. 

Ela quer esquecer que precisa voltar ao médico. Quer esquecer seu sofrimento. Precisa viver e ser feliz, pelo menos por um verão antes de saber se a doença voltou ou não. Então  resolve ir a Gênova, onde sua prima e melhor amiga vive. Lá, com o sol, o amor e amizade de Lisa, ela poderá ser feliz.

Já na Itália, ela conhece Max. Um italiano lindo e intenso. Quando se encontram é como se o ar estivesse diferente. A atração entre eles é forte e em um primeiro momento Stella está decidida a investir no rapaz. Ela precisa ser feliz durante este verão, pois estes podem ser seus últimos dias, mas envolver-se com um grande amigo de Lisa e depois deixá-lo não parece uma boa ideia. Um romance de verão para pessoas que moram tão longe e ainda por cima com a doença de Stella pairando sobre as cabeças deles, pode acabar trazendo muito sofrimento.
  
A resistência dela, que evita se envolver com ele, nos rende boas cenas com grande tensão sexual. Ambos se desejando e morrendo de ciúmes um do outro, mas mantendo distância.

Max luta para estar ao lado de Stella e descobrir porque a moça não quer ficar com ele, quando os dois são tão perfeitos juntos.




Stella é uma jovem que já sofreu tanto. Eu sofri e chorei ao ver que ela precisava abrir mão do pouco de felicidade que a vida lhe proporcionou. Ela é uma personagem forte, que tem um coração doce.  Se apaixonou perdidamente por Max, um salva-vidas italiano lindo (Ah .. eu ainda não tinha dito que ele era um salva-vidas lindo, né?) e precisa fazer escolhas difíceis... impossíveis, pois qualquer uma causará sofrimento.

- Eu não estou pedindo para você se apaixonar por mim, Stella. (...) 
- Não é uma questão de pedir. Você é ... incrível. Cada minuto que eu passo com você, percebo o quão maravilhoso você é. Eu não seria capaz de te evitar. 
- Então, não evite. Eu quero que você seja tão obcecada por mim como eu sou por você. (...)

Max é um rapaz que também carrega sua carga emocional. Ele fez escolhas ruins na adolescência, ao não saber lidar com a perda de seu pai, mas deu a volta por cima com a ajuda de seu amigo Beppe. Ele é trabalhador e esforçado e também um mulherengo, mas não é do tipo que foge do amor. Ao conhecer Stella começou a sentir-se diferente, mais possessivo, ciúmento, protetor e em pouco tempo percebeu que a amava. Precisava dela e decidiu lutar para conquistá-la. 

Tudo o que sentia era novo para ele: o ciúme extremo; o desejo intenso; o medo desesperador de que ele nunca conseguisse ficar com ela; a honestidade absoluta. 

Max é um personagem inesquecível. Ele é intenso e verdadeiro. Honesto e bondoso. E apaixonante ...

Entre idas e vindas vemos os dois juntos, numa história de amor e paixão deliciosa e ficamos torcendo a cada segundo para que tudo dê certo. 

(...) eu gostaria de sobreviver o suficiente para ser capaz de fazer essa escolha.

O livro é lindo e tem uma carga emocional grande, tensão sexual e cenas quentes de ligar o ventilador.  Os diálogos são muito interessantes e os personagens secundários são perfeitos e muito importantes na história. Dois casais despontam e nos fazem sofrer pela espera do lançamento dos próximos livros. 

Num Piscar de Olhos é todo narrado em terceira pessoa. 

Amei e recomendo!

Um comentário

  1. Oii Marissa =D estou adorando suas resenhas só que essa em particular, desde um bom tempo quero comprar ele por que achei super linda a capa *-* e a sinopse também me intrigou bastante maas com sua resenha já estou LOUCAA pra ler kk primeiro que é do tipo de livro que amo e que a gente não sabe muito bem o que esperar no final fora que tem um gostoso na história muda tudo kk. Me decepcionei por você falar que é em terceira pessoa e eu não curto muito mas darei uma chance pra ele por que Beleza Perdida também é e hoje é um dos meus livros favoritos *-* (e se você ainda não leu eu recomendo e muito). Maravilhosa resenha e espero gostar tanto quanto você :D

    ResponderExcluir

© BLOG CLÃ DOS LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por